As duas vias da Linha Norte que estiveram cortadas em Silvalde, Espinho, na sequência de um atropelamento mortal, foram reabertas menos de duas horas após a ocorrência, indicou fonte da Comboios Portugal (CP).

O atropelamento mortal de uma mulher provocou o corte da ferrovia às 12:13, mas entretanto, conforme indicou à Lusa a CP, as vias foram reabertas às 13:55.

O Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro informou que no local estiveram elementos dos Bombeiros de Espinho, da PSP e uma equipa de investigação criminal.