De acordo com a fonte, o idoso era o único residente na habitação unifamiliar, que ficou totalmente destruída, sem afetar outros edifícios contíguos.

O alerta foi dado às 03:55 e o fogo entrou na fase de rescaldo cerca das 05:45, adiantou a fonte.

No combate às chamas estiveram 24 operacionais, auxiliados por oito veículos dos bombeiros de Terras de Bouro, Amares e de Vieira do Minho.

Entretanto, o presidente da Junta de Valdosende admitiu que o incêndio poderá ter tido origem na lareira da habitação.

"Ele estava sempre com a lareira acesa, para se aquecer, e o incêndio deverá ter começado aí", disse à Lusa João Paulo Borges, ressalvando que o caso já está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

“Era uma casa muito velha, toda em madeira, que foi rapidamente tomada pelas chamas”, disse ainda o presidente da Junta.