O designer de moda Patrick de Pádua, um dos participantes do projeto Sangue Novo da ModaLisboa, estará presente na próxima edição do festival Fashion Clash, em junho, na Holanda, como foi esta sexta-feira anunciado.

Patrick de Pádua, nascido em 1988 no Liechtenstein e a residir em Portugal desde 2000, apresentou a sua coleção para o próximo inverno no Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, inserido no Sangue Novo, destinado a jovens finalistas de cursos de Design de Moda ou que estejam a iniciar a sua marca, no âmbito da 44.ª edição da ModaLisboa.

No final do desfile Sangue Novo, no qual participaram 12 jovens (quatro deles em dupla), o diretor do festival holandês, Branko Popovic, anunciou o nome do escolhido para participar no Fashion Clash que se junta assim à portuguesa Inês Duvale, escolhida na edição passada do Sangue Novo (em outubro de 2014), e a outros jovens de 25 países.

A próxima edição do certame, no qual designers e artistas jovens e emergentes de diferentes disciplinas apresentam o seu trabalho, está marcada para junho de 2015 em Maastricht.

De acordo com a apresentação disponibilizada no site da ModaLisboa, ao longo do seu percurso académico, que inclui o curso de Design de Moda no Modatex, em Lisboa, Patrick de Pádua «foi explorando novas áreas, descobrindo, assim, a sua paixão pelo ‘streetwear’, área na qual o designer pretende investir e desenvolver».

O jovem ‘designer’ já tinha participado no Sangue Novo em março em 2014.

Nesta edição, Patrick de Pádua apresentou a coleção «Promises», para homem, que «conjuga uma linha assumidamente streetwear com elementos mais tradicionais, como o perfecto [blusão de motoqueiro] ou o ‘trench coat’ [gabardine], reinventados com pormenores militares», explica o próprio na descrição da coleção.

Os manequins surgiram com gorros que tapam a cabeça toda, à exceção da zona dos olhos e vestiam peças ‘oversized’ [grandes e largas] e sobrepostas, «um símbolo da proteção, do sufoco e da consequente autoproteção a que o indivíduo se remete».

No âmbito do Sangue Novo, cujos participantes foram escolhidos por um júri constituído pela diretora da ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, pelo designer de moda Pedro Noronha Feio e pelo coordenador de desfiles da ModaLisboa Luís Pereira, apresentaram também coleções Inês Duvale, Cristina Real, Banda (Tiago Loureiro e Aloísio Rodrigues), Duarte (Ana Duarte), David Catalán, M HKA (Alexandre Pereira e Felícia Macedo), Patrícia da Costa, Tânia Fonseca e Ruben Damásio, como noticia a Lusa.