O descarrilamento de uma composição do Metro Sul do Tejo, em Almada, provocou esta quarta-feira sete feridos ligeiros.

«Pelas 07:53, um comboio do Metro Sul do Tejo descarrilou após uma travagem busca e acabou por embater numa estrutura metálica no Terminal de Cacilhas», disse à Lusa o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal.

Segundo a mesma fonte, o acidente com o metro de superfície provocou seis feridos leves que foram transportados ao Hospital Garcia de Orta, em Almada, e um outro ferido que acabou por ser assistido no local.

Estiveram no local do acidente os Bombeiros de Cacilhas e a PSP.

A empresa Metro Transportes do Sul anunciou, entretanto, a abertura de um inquérito ao acidente.

«As causas desta ocorrência ainda não estão apuradas, tendo sido de imediato aberto um inquérito de averiguações para determinar a razão do incidente», refere, em comunicado.

«O acidente causou pequenas escoriações em sete passageiros, que por mera precaução foram assistidos no Hospital Garcia da Horta, depois de terem sido acionados todos os meios de socorro», acrescenta a empresa.