Sete das nove ilhas dos Açores estão sob aviso amarelo, entre hoje e sexta-feira, devido a previsões de chuva forte, vento e agitação marítima, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Uma superfície frontal fria com atividade moderada a forte deverá provocar um agravamento do estado do tempo nas ilhas dos grupos ocidental e central”, adiantou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), num comunicado de imprensa, citando previsões do IPMA.

As ilhas das Flores e do Corvo, que compõem o grupo ocidental, estão sob aviso amarelo (o terceiro mais grave numa escala de quatro), entre as 21:00 desta quarta-feira (hora local, mais uma em Lisboa) e as 12:00 de quinta-feira, devido à previsão de “precipitação pontualmente forte”.

Há também um aviso amarelo relativo ao vento, entre as 07:00 e as 20:00 de quinta-feira, com previsões de rajadas até 90 quilómetros por hora, de sudoeste, rodando para noroeste; e outro relativo à agitação marítima, no período entre as 15:00 de quinta-feira e as 18:00 de sexta-feira, com ondas de oeste, passando a sudoeste, que poderão chegar aos cinco a seis metros.

No grupo central (Terceira, Graciosa, Pico, Faial e São Jorge), há um aviso amarelo relativo à possibilidade de “precipitação pontualmente forte”, entre as 00:00 e as 18:00 de quinta-feira.

O aviso estende-se também ao vento, entre as 10:00 e as 20:00 de quinta-feira, com rajadas que podem chegar aos 85 quilómetros por hora, de sudoeste, rodando para oeste.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção, como a limpeza dos sistemas de drenagem, a consolidação de telhados, portas e janelas, o reforço de amarrações de embarcações ou o cuidado redobrado na circulação junto da orla costeira.