A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, deteve um homem e uma mulher suspeitos da autoria de crimes de abuso sexual de que terá sido vítima uma menina de 10 anos de idade, foi esta terça-feira anunciado, refere a Lusa.

Em comunicado, a PJ esclarece que os crimes, que perduraram por alguns meses, ocorreram na zona de Espinho.

Os suspeitos, que foram detidos, são um director comercial de 42 anos e uma doméstica de 28, sendo esta última familiar muito próxima da vítima.

Os detidos vão ser presentes à autoridade judicial competente para serem submetidos a primeiro interrogatório judicial e posterior aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.