A PSP foi chamada a um bairro na zona dos Olivais, em Lisboa, esta segunda-feira, após uma denúncia de maus-tratos a animais.

Uma testemunha diz ter visto um homem a passar com o carro várias vezes por cima de um saco de plástico, onde estaria um cão ainda vivo.

O animal não terá resistido aos ferimentos, tendo o dono, logo de seguida, colocado o saco com o cão já morto na bagageira e acabado por se desfazer do cadáver do animal numa zona de mato próxima.

A PSP confirmou a presença de sangue e vestígios do animal no carro do homem, tendo o mesmo negado inicialmente a situação, para mais tarde confirmar que o cão teria sido atropelado e estaria a sofrer e que lhe passou com o carro por cima para evitar que o animal continuasse em sofrimento.

Cerca de 15 elementos da PSP fizeram uma batida na área onde o suspeito diz ter deixado os restos mortais do animal, mas sem sucesso.

As autoridades investigam agora o caso.