O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou o aviso de riscos causados pela chuva e ventos fortes, e também trovoada em dois distritos, passando-o para laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro.

De acordo com o IPMA, os distritos de Faro e Beja estão desde as 07:00 e até às 18:00 sob aviso laranja devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada, com possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento embora com baixa probabilidade.

Por seu turno, os distritos de Évora, Setúbal e Portalegre estão desde as 06:00 e até às 18:00 de hoje sob aviso amarelo igualmente devido à probabilidade de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoadas e possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento embora com baixa probabilidade.

O aviso laranja é emitido quando o IPMA considera que a situação meteorológica integra um risco moderado a elevado, enquanto o amarelo identifica risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Já o aviso amarelo é emitido pelo IPMA quando existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro do continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, em geral fracos e até meio da tarde, vento fraco, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida da temperatura mínima.

No sul prevê-se céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do meio da tarde, períodos de chuva ou aguaceiros até final da tarde, sendo por vezes fortes e acompanhados de trovoada, vento fraco a moderado de sudoeste, rodando gradualmente para noroeste, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida da temperatura mínima.

Para a Madeira, a previsão aponta para céu em geral muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, vento em geral fraco do quadrante norte e pequena descida da temperatura máxima.

O IPMA prevê para os Açores períodos de céu muito nublado, com boas abertas especialmente na tarde, aguaceiros fracos, especialmente na madrugada e manhã e vento nordeste bonançoso a moderado.

Quanto às temperaturas, em Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Viana do Castelo, Portalegre e Ponta Delgada prevê-se uma máxima de 20 graus Celsius, Vila Real 19, Guarda 14, Viseu e Bragança 18, Évora e Santa Cruz das Flores 22, Castelo Branco e Angra do Heroísmo 21, Beja 23, Faro 24 e Funchal 25.
Por precaução as barras marítimas de São Martinho do Porto e Esposende vão estar encerradas à navegação e outras duas estão condicionadas devido à agitação marítima, segundo informações disponíveis na página da Marinha na Internet.

De acordo com a Marinha, as barras marítimas de São Martinho do Porto, Douro e Esposende estão fechadas a toda a navegação devido à agitação marítima, enquanto a da Póvoa do Varzim está condicionada a embarcações com calado superior a dois metros, duas horas antes e duas horas depois da baixa-mar devido à previsão de agitação marítima.

A barra de Vila do Conde também está condicionada e a Marinha aconselha as embarcações até 12 metros de comprimento e/ou calado inferior a dois metros a praticar a barra no período compreendido entre as três horas antes e três horas após da preia-mar.

Para as embarcações com comprimento superior a 12 metros e/ou calado superior a dois metros apenas podem praticar a barra no período da preia-mar.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para hoje, na costa ocidental ondas de noroeste com 2 a 2,5 metros, diminuindo para 1,5 a 2 metros.

Na costa sul, segundo o IPMA, estão previstas ondas de sudoeste com 1 a 1,5 metros.

A temperatura da água do mar vai rondar os 22 graus.