Paulo Gonçalves estava na rua das Pretas, em Lisboa, quando foi apanhado pela força da água. Viu o seu carro ficar submerso e sentiu medo. Conseguiu abrir os vidros e saiu para o tejadilho. Gritou por socorro. Acabou por ser salvo.

Uma das imagens quer marcou este dia de inundações na capital não será facilmente esquecida por este condutor que, apenas, queria ir buscar a mulher ao trabalho.