Sete barras marítimas de Portugal continental estão, nesta sexta-feira, fechadas à navegação e outras duas estão condicionadas devido à agitação marítima forte, segundo a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

As barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, São Martinho do Porto e Ericeira estão fechadas, enquanto Aveiro e Figueira da Foz estão condicionadas.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso laranja os distritos de Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro até às 12:00 de hoje, passando depois a aviso amarelo.

Para estes distritos prevê-se ondas de noroeste com 5 a 6 metros, podendo chegar aos 10/11 metros de altura máxima.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Coimbra estão sob aviso amarelo até às 18:00 de hoje devido à agitação marítima.

A costa norte da Madeira e o Porto Santo também vão estar sob aviso amarelo por causa da agitação marítima até ao final do dia de hoje.

Nos Açores, os grupos central e oriental estão também sob aviso amarelo até às 18:00 de sábado devido à agitação marítima.

O IPMA prevê para hoje, no continente, céu geralmente muito nublado, com abertas a partir da tarde, aguaceiros, que poderão ser ocasionalmente fortes, de granizo e acompanhados de trovoada na região Sul até ao início da manhã e queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela a partir do final da manhã.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando até ao início da tarde moderado a forte, por vezes com rajadas até 65 quilómetros por hora, no litoral a sul do Cabo da Roca e nas terras altas da região Sul, tornando-se gradualmente do quadrante norte.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura máxima.

As temperaturas mínimas vão variar entre os 2 graus (na Guarda) e os 10 (em Faro) e as máximas entre os 10 graus (na Guarda) e os 19 (em Faro).