Um homem morreu esta terça-feira na sequência da queda de uma grua que estava na Praça do Marquês de Pombal, no Porto, para podar as árvores, disse à Lusa fonte policial.

A mesma fonte adiantou que o acidente aconteceu por volta das 21:00 e que a vítima será um trabalhador da Câmara Municipal do Porto que estava no local para podar as árvores.

No local, fonte do gabinete de comunicação da autarquia confirmou à Lusa a ocorrência, adiantando que o acidente teve a ver com uma parte da grua que caiu, mas afirmando desconhecer as circunstâncias em que ocorreu.

A mesma fonte explicou que o acidente envolveu um grupo de funcionários da Câmara que estavam a podar as árvores devido a um alerta amarelo que apontava para a possibilidade de ventos fortes.

Para evitar acidentes com transeuntes ou danos em viaturas ou habitações, os funcionários da Câmara andavam pelas zonas mais sensíveis da cidade a podar as árvores mais antigas que tivessem ramos suscetíveis de se desprender.

No local estão vários meios dos Bombeiros Sapadores do Porto, da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Câmara Municipal do Porto, estando a decorrer trabalhos de remoção dos ramos das árvores.

Bombeiros e PSP escusaram-se a prestar esclarecimentos, remetendo quaisquer informações para a Câmara Municipal do Porto.