O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse estar "informado sobre a atuação dos serviços sociais britânicos", em estreita articulação com o Governo.

"O Presidente da República, em estreita articulação com o Governo, está informado sobre a atuação dos serviços sociais britânicos, nomeadamente na aplicação da lei de proteção de menores. O Presidente da República confia nas autoridades envolvidas nas diligências que visam garantir o apoio às famílias portuguesas que o requisitam".

Reação do Presidente da República aos factos relatados na reportagem exibida na TVI no último fim de semana "Love You Mom"

A 14 de maio, o chefe de Estado foi abordado na rua por Iolanda Menino, a quem os serviços sociais do Reino Unido retiraram um filho bebé, e prometeu ver com o Ministério da Justiça o que seria possível fazer.

A mulher portuguesa abordou Marcelo Rebelo de Sousa durante uma visita do chefe de Estado ao Bairro Padre Cruz, em Lisboa, dizendo-lhe: "O Governo português precisa de resgatar o meu filho em Inglaterra, por favor, senão nunca mais vou ver o meu filho".

"Eu vou ver a documentação e vou ver através do Ministério da Justiça o que é possível fazer. Eu vou ver através da senhora ministra da Justiça", respondeu então Marcelo Rebelo de Sousa.

O filho bebé de Iolanda Menino e Leonardo Edwards, de nacionalidade britânica, foi retirado ao casal pelos serviços sociais do Reino Unido em fevereiro, com nove dias de vida.

Os dois vieram para Portugal em abril para tentar que as autoridades portuguesas intercedessem junto do Reino Unido para que o filho lhes fosse devolvido.

No entanto, a 24 de junho, um tribunal inglês decidiu entregar para adoção o bebé retirado pelos serviços sociais britânicos a um casal luso-britânico, invocando a falta de resposta às tentativas de contacto, adiantou fonte da secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.