O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, saiu esta sexta-feira da Câmara Municipal do Porto a pé e desceu até à Praça General Humberto Delgado onde acabou rodeado pelas centenas de populares que aguardavam a sua saída.

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu e deu beijos e abraços e ouviu os populares a gritarem “Marcelo, Marcelo” e “força”.

A polícia teve dificuldade de fazer um cordão porque havia sempre gente a interpelá-lo, a querer cumprimentá-lo e a desejar-lhe “muita força”.

O Presidente da República desceu do edifício da Câmara do Porto pela rampa do lado direito e percorreu toda a Praça até ao outro lado, sempre rodeado de pessoas.

Aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “o Porto é sempre muito caloroso”.

Depois, o chefe de Estado seguiu, de carro, para a Casa do Roseiral para um almoço formal e restrito com o presidente da Câmara do Porto.

Na primeira vez em que um chefe de Estado estende ao Porto as cerimónias da sua posse, Marcelo Rebelo de Sousa foi recebido oficialmente na Câmara, onde discursou pelas 11:30, e vai durante a tarde à Galeria Municipal para ver a exposição “P. - uma homenagem a Paulo Cunha e Silva, por extenso” e assistir a uma exibição de ‘hip hop’ no bairro do Cerco, onde também visita um centro de dia.