O suspeito de ter morto a tiro um homem, na segunda-feira à noite, dentro de um estabelecimento comercial em Benfica, tem 40 anos e foi identificado por 12 pessoas, disse à Lusa fonte da PSP.

A mesma fonte acrescentou que a Polícia Judiciária tomou conta da ocorrência, depois de a PSP ter sido chamada ao local onde ocorreu o homicídio cerca das 20:45 de segunda-feira.

De acordo com uma das testemunhas, disse a PSP, o homem de 40 anos entrou no estabelecimento em Benfica, onde pediu um café, tendo sido servido e voltado a sair do local.

Momentos depois, após ter ido à sua viatura, de acordo com as várias testemunhas, voltou a entrar no restaurante/pastelaria, dando a entender que teria algo no bolso do casaco que vestia e pediu novo café.

Depois, adiantou a PSP, a empregada virou-se para tirar o café e ouviu o som de um disparo, fugindo depois para a cozinha à procura de um refúgio, a partir de onde ouviu mais disparos, que atingiram mortalmente a vítima.

No local esteve uma ambulância do INEM e outra Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Santa Maria, que tentaram reanimar o ferido, mas o óbito veio a ser declarado pelas 21:42.

A vítima, de 47 anos, era funcionário do estabelecimento.

A fonte policial disse à Lusa que o autor dos disparos se pôs em fuga e que até ao momento não foi detido, apesar de estar identificado e de testemunhas terem anotado a matrícula do carro em que fugiu.