A Polícia Marítima resgatou, na terça-feira, do mar Egeu, 47 migrantes, incluindo 15 crianças, informou a Autoridade Marítima, nesta quinta-feira.

As crianças e os adultos - 23 homens e nove mulheres, incluindo uma jovem grávida - foram salvos de um bote com motor avariado, a meio da travessia entre a Turquia e a ilha grega de Lesbos, precisa a Autoridade Marítima em comunicado.

O bote avariado, que manteve a bordo mais de uma dezena de homens, foi rebocado até ao porto da cidade grega de Mitilene, onde os homens desembarcaram em segurança, juntamente com o restante grupo, que seguiram numa embarcação portuguesa.

A missão da Polícia Marítima no mar Egeu começou a 1 de outubro, integrada na operação europeia Poseidon Sea 2015, de controlo e vigilância de fronteiras marítimas, e termina a 30 de setembro de 2016.