«A título preventivo, as autoridades de saúde e o SMAS procederam à cloragem da água das zonas afetadas. Iniciou-se ainda o processo de limpeza e desinfeção dos reservatórios»


«Foram recolhidas amostras de água em novos pontos da rede pública, bem como em reservatórios e nas torres de refrigeração identificadas, nomeadamente num hotel e fábricas da zona). «Não há qualquer problema com a ingestão de água nas áreas afetadas. Também não existe qualquer risco de contágio pessoa a pessoa»


foram detetados 90 casos de infeção por legionella na Grande Lisboa

Empresas serão inspecionadas este domingo







deve evitar duches e pode beber água sem problemas