O secretário de Estado da Justiça admitiu que «não há uma data fixa» para que o portal Citius volte a funcionar, mas que «há um planeamento que tranquilamente» está a ser executado.

«O Ministério da Justiça emitirá na segunda-feira um comunicado. Sabemos exatamente quais são as deficiências, conhecemos os problemas e temos já as chaves» para os resolver, referiu António Costa aos jornalistas.

Já António Henriques Gaspar, presidente do Conselho Superior de Magistratura, espera que o Citius «esteja a funcionar no tempo mais próximo possível».

Na quinta-feira, o Sindicato dos Oficiais de Justiça solicitou ao Presidente da República a convocação do Conselho de Estado para abordar este problema.