A Polícia Judiciária fez buscas no Instituto Nacional da Construção e do Imobiliário (INCI). De acordo com informações apuradas pela TVI, a operação da Unidade Nacional Contra a Corrupção da PJ foi realizada no âmbito da investigação ao ex-diretor geral da equipamentos e infraestruturas da Administração Interna, José Alberto Rosado Correia, que está em prisão preventiva, por suspeitas de corrupção, desde maio.

João Alberto Rosado Correia foi detido pela PJ a 30 de abril, dia em que foram realizadas diversas operações de busca nos serviços do Ministério da Administração Interna (MAI) e em empresas. Nomeado por Rui Pereira, ministro da Administração Interna no Governo de José Sócrates, manteve-se no cargo com o atual governo. Mas, em Fevereiro deste ano, foi exonerado na sequência de uma auditoria realizada pela Inspeção-geral da Administração Interna que revelou diversas irregularidades na atribuição de empreitadas relacionadas com os edifícios do MAI.