O secretário de Estado da Juventude e Desporto demissionário revelou que saiu do Governo "em profundo desacordo" com o ministro da Educação em relação às políticas seguidas e "ao modo de estar" no exercício de cargos públicos.

A saída de João Wengorovius Meneses do Governo foi conhecida por causa de uma nota colocada na página oficial na internet da Presidência da República segundo a qual o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa dará posse na quinta-feira ao novo secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, juntamente com os novos ministro e secretário de Estado da Cultura.

Contactada pela Lusa, a assessoria do gabinete do primeiro-ministro e do Ministério da Educação informou apenas que João Wengorovius Meneses abandona o cargo a seu pedido, sem adiantar quais os motivos e quando é que foi apresentado o pedido.

O novo secretário de Estado da Juventude e Desporto é deputado socialista, eleito pelo cículo de Viseu, e faz parte da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

João Paulo Rebelo também esteve na comissão da Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, segundo a página da Assembleia da República.