O Ministério Público emitiu cinco mandados de captura em nome de cinco jihadistas portugueses que viajaram para a síria para combater nas fileiras do Estado Islâmico.

Os cinco jihadistas são naturais dos arredores de Lisboa. Entre eles estão dois irmãos referenciados desde 2012 pelas secretas portuguesas.

Os mandados de captura foram emitidos pelo Ministério Público, na sequência dos inquéritos que decorrem no Departamento Central de Investigação e Ação Penal.