“Primeiro não se pode sobrepor aos tribunais. Não se pode sobrepor à lei. (…) O arrecadar receita fiscal, não justifica tudo”, sublinha o bastonário.

“Estes dispositivos são essenciais para os doentes, num país em que há muita falta de dentes”, acrescenta.