O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) previu esta terça-feira um «agravamento do tempo» nas ilhas açorianas das Flores e do Corvo a partir das 05:00 locais de quarta-feira.

O IPMA decreta «alerta amarelo» para as duas ilhas do Grupo Ocidental do arquipélago, a partir das 05:00 locais de quarta-feira (06:00 em Lisboa), segundo o comunicado do IPMA hoje difundido pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Segundo o mesmo comunicado, estão previstos ventos com uma velocidade média entre 65 a 74 quilómetros/hora, com rajadas máximas que podem atingir os 100 quilómetros/hora e a precipitação oscilará entre os 10 a 20 milímetros numa hora.

Quanto ao estado do mar, o IPMA prevê uma «altura significativa das ondas», entre os seis e os sete metros.

Segundo o IPMA, estas condições meteorológicas devem-se a «uma depressão centrada a noroeste dos Açores, com um sistema frontal associado e descolamento para leste/sueste».

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores informa que «o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas mais vulneráveis», recomenda a «desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento».

Outro dos conselhos é de «manter limpos os sistemas de drenagem e consolidar telhados, portas e janelas» e «estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança».