Catorze distritos de Portugal Continental e o arquipélago da Madeira estão sob aviso amarelo nesta segunda-feira, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Devido ao tempo quente, com persistência de valores elevados da temperatura máxima, o IPMA colocou os distritos de Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu sob aviso amarelo, com o alerta a vigorar entre as 01:00 e as 18:00 de hoje.

Também a Costa Sul e Norte do arquipélago da Madeira e Porto Santo mantêm o aviso amarelo dos últimos dias devido à previsão de persistência de valores elevados da temperatura máxima, entre as 09:00 de hoje e as 18:00 de quarta-feira.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades que dependem do estado do tempo.

No domingo, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou 382 incêndios que foram combatidos por 7.850 operacionais, com o apoio de 2.021 meios terrestres e 125 aéreos.

Para hoje, o IPMA prevê para as regiões norte e centro, céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade no interior da região Centro durante a tarde, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros. No final do dia, prevê-se que o céu se torne geralmente muito nublado no litoral. O vento tende a soprar fraco, soprando moderado (25 a 35 km/h) de nordeste nas terras altas do interior até ao início da manhã, tornando-se fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante oeste durante a tarde. Pequena subida da temperatura mínima e descida da temperatura máxima no litoral.

Já para a região sul, o IPMA prevê céu com períodos de muita nebulosidade, aguaceiros, mais prováveis no Baixo Alentejo e Algarve, onde poderão ser acompanhados de trovoada. O vento será fraco, tornando-se fraco a moderado do quadrante oeste durante a tarde. Pequena descida da temperatura máxima no litoral.

Quanto às temperaturas, as máximas vão oscilar entre os 26 graus Celsius previstos em Sagres, a cidade com a temperatura mais baixa hoje, contrastando com os 38 de máximas previstos para Évora e Beja, as cidades mais quentes.

Em Lisboa, vão variar entre 22 e 34 graus Celsius, em Bragança entre 14 e 34, em Viseu entre 18 e 34, em Coimbra 17 e 33, na Guarda 19 e 31, Portalegre entre 24 e 36, Évora entre 20 e 38, Beja entre 21 e 38, em Faro 24 e 29, em Santarém entre 19 e 35, no Funchal entre 21 e 28, em Ponta Delgada entre 18 e 25, em Angra do Heroísmo entre 19 e 26 e em Santa Cruz das Flores entre 20 e 25.

Para o arquipélago da Madeira, o IPMA prevê para hoje céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde.Para o arquipélago da Madeira, o IPMA prevê para hoje céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde.
 

Risco muito alto de exposição aos UV


Todas as regiões do país apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), bem como o Funchal e Porto Santo, na Madeira e Ponta Delgada, nos Açores, segundo o IPMA.

Santa Cruz, Horta e Angra do Heroísmo, nos Açores, são as únicas regiões do país que se encontram com índice moderando de exposição, contrastando com as restantes regiões do continente e ilhas.

Para as regiões com níveis muito altos e altos, o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor que 2, em que o UV é Baixo, 3 a 5, Moderado, 6 a 7, Alto, 8 a 10, Muito Alto e superior a 11, Extremo.