A Polícia Judiciária (PJ) acredita ter desmantelado parte uma rede internacional de tráfico de cocaína, que operava a partir de Madrid, em Espanha, com a detenção de cinco pessoas em Portimão.

«Pensamos ter desmantelado esta rede em Portugal, numa operação iniciada pela polícia espanhola, que pediu a nossa colaboração», disse aos jornalistas o coordenador da Unidade Nacional Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE).

«A operação decorreu sem incidentes, em cooperação com a Marinha e as autoridades espanholas, tendo os homens sido surpreendidos na praia cerca das 14:00 horas, numa altura em que na praia se encontravam com muitos veraneantes», disse José Ferreira, citado pela agência Lusa.

«Correu tudo sem incidentes», frisou.

De acordo com José Ferreira, três dos cinco homens encontravam-se no interior de um veleiro de sete metros, e dois em terra junto à praia de Ferragudo, no Rio Arade, em Portimão.

No interior da embarcação a polícia apreendeu 287 quilos de cocaína, suspeitando as autoridades que a droga seja proveniente da América Latina, destinando-se ao mercado espanhol e europeu.

Segundo o coordenador da UNCTE, os 287 quilos de droga «têm um valor superior a 10 milhões de euros no mercado».

Os cinco detidos, todos estrangeiros, têm idades entre os 38 e os 55 anos e vão ser hoje presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.