Cerca de 4.400 alunos repetem esta terça-feira a prova final de Português do 1.º Ciclo, no âmbito da segunda oportunidade que o ministro da Educação, Nuno Crato, introduziu este ano letivo, juntamente com o chamado exame de 4.º ano.



Além destes alunos, mais 306 fazem provas de Português a nível de escola, segundo dados do Ministério da Educação.

Na sexta-feira, será a vez da prova de Matemática para 7.641 alunos.

Alguns fazem as duas provas, outros apenas uma. Vão fazer ambas as provas 3.570 crianças. Estão, assim, previstas mais de 12 mil provas no total.

«Os alunos que realizam provas pela segunda vez não estão necessariamente retidos», explicou o Ministério da Educação em comunicado emitido na segunda-feira à tarde.

Só não transitam para o 5.º ano com negativa a Português e Matemática em simultâneo ou com nota inferior a três a uma destas disciplinas e simultaneamente menção não satisfatória nas outras áreas disciplinares.

À segunda fase vão também os casos excecionais de alunos que não puderam apresentar-se na primeira fase, agora de caráter obrigatório.

Cerca de 106 mil alunos realizaram as provas na primeira fase, tendo pela primeira vez decorrido um prolongamento do ano letivo para os alunos com mais dificuldades poderem recuperar e transitar para o 5.º ano.