Um lote do medicamento Tantum Verde pastilhas vai ser retirado do mercado por ter sido detetada a presença de um resíduo metálico numa pastilha, embora o risco para a saúde seja baixo, divulgou o Infarmed.

A autoridade do medicamento diz que o laboratório responsável pelo fabrico do medicamento vai proceder à recolha voluntária do lote n.º A1090I2, com a validade 09/2017, do medicamento Tantum Verde, de benzidamina e benzocaína, pastilhas, 3 mg + 2,5 mg, com o número de registo 9527101.

O Infarmed determinou ainda a suspensão imediata da comercialização deste lote.

No entanto salienta que «o risco para a saúde pública é baixo, tendo em conta a forma farmacêutica do produto em causa».

Assim, o Infarmed alerta que as entidades que possuem este lote de medicamento em stock estão proibidas de o vender, dispensar ou administrar, devendo devolve-lo, e os doentes que disponham de medicamentos deste lote, não os devem tomar, mas sim adquirir um lote alternativo, noticia a Lusa.