O laboratório do Infarmed foi um dos quatro laboratórios selecionados a nível mundial para analisar medicamentos para o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no âmbito do combate ao VIH-Sida, Tuberculose e Malária, foi divulgado esta quinta-feira.

De acordo com uma nota do Infarmed, o contrato prevê que o laboratório analise medicamentos destinados ao tratamento daquelas doenças, para os gabinetes das Nações Unidas existentes em todo o mundo.

«Um dos objetivos deste programa das Nações Unidas, financiado pelo Fundo Global, é garantir o acesso a medicamentos de qualidade, eficazes e seguros, às populações dos países afetados por estas três pandemias», refere.

Atualmente estão em curso financiamentos do Fundo Global em 26 países de África, Ásia, Europa, Médio Oriente e Américas.

O Infarmed considera que o facto de ter sido selecionado, entre os laboratórios reconhecidos pelas Nações Unidas e pela Organização Mundial da Saúde, «demonstra que a competência técnica desta agência se encontra entre as melhores do mundo».