A esmagadora maioria dos 126 hospitais avaliados pela Entidade Reguladora de Saúde cumpre critérios de qualidade em termos de excelência clínica, segundo o Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS) divulgado esta segunda-feira.

São avaliados pelo SINAS 162 prestadores de natureza hospitalar dos setores privado, público e social, mas em 36 não foi avaliada a dimensão da excelência clínica.

Os resultados divulgados pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS) indicam que das 126 unidades avaliadas, 106 cumprem todos os parâmetros de qualidade exigidos ao nível da excelência clínica.

Dez unidades não forneceram os elementos necessários para a avaliação e em outras dez não foi possível aferir o cumprimento de todos os parâmetros de qualidade exigidos, segundo a informação disponibilizada no site da ERS.

Os atuais resultados da excelência clínica reportam-se a episódios com alta entre 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2012 nas áreas de Acidente Vascular Cerebral, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia de Ambulatório, Cirurgia do Cólon, Cirurgia Vascular, Enfarte Agudo do Miocárdio, Ginecologia, Obstetrícia, Ortopedia, Pediatria e Unidades de Cuidados Intensivos, segundo uma nota explicativa da ERS.

Ao nível da satisfação do utente, das 135 unidades avaliadas neste âmbito, 119 cumpriram todos os parâmetros exigidos, segundo informação recolhida entre as instituições de agosto a novembro deste ano.

No que respeita à segurança do doente, também a esmagadora maioria dos prestadores (111 em 133) cumpriu todos os parâmetros analisados pela ERS.