O luso-canadiano Charles Sousa vai manter-se como ministro das Finanças do Ontário, no Canadá, e terá o seu gabinete reforçado para tentar reduzir o défice, anunciou hoje a primeira-ministra, Kathleen Wynne, durante a apresentação do novo elenco governamental.

Kathleen Wynne avisou a população do Ontário das «escolhas difíceis» que tem pela frente, enquanto se prepara para implementar a sua agenda de esquerda mantendo a promessa de «eliminar» o défice de 12.500 mil milhões de dólares (8.560 mil milhões de euros).

Os 27 ministros do governo minoritário liberal foram empossados esta terça-feira, no Queen's Park (Parlamento Provincial do Ontário), mantendo-se os mesmos governantes do anterior elenco.