Quinze por cento dos professores chumbou na prova de conhecimentos, cujos resultados foram hoje divulgados pelo Ministério da Educação. Ou seja, 1.473 professores não conseguiram obter mais do que 50% na prova.

Assim sendo, de acordo com a nota do Ministério da Educação enviada às redações, «os resultados agora conhecidos revelam que foram aprovados 8747 candidatos, o que corresponde a 85,6% do total de candidatos com provas classificadas».

O exame foi feito por 10.220 professores e a média da notas foi de 63,3%. Os 15% que não teve nota positiva não vai poder dar aulas este ano.

A prova, para a qual se inscreveram 13.551 professores, foi realizada, em dois momentos, a 18 de dezembro do ano passado e a 22 de julho último, em 206 escolas, dentro e fora do país, adianta o IAVE.

O exame, este ano apenas com componente comum, visou, nomeadamente, avaliar a capacidade de raciocínio lógico e crítico, bem como a capacidade de comunicação correta em língua portuguesa.