Se em Portugal "O Segredo dos Deuses", a investigação da TVI às adoções ilegais da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), já levou o Ministério Público a abrir um inquérito, no Brasil o trabalho das jornalistas Alexandra Borges e Judite França também tem dado que falar.

Vários órgãos de comunicação têm dado destaque à investigação. São os casos, entre outros, do jornal Folha de São Paulo, das revistas Veja e Exame e ainda das edições brasileiras do El País e do Huffington Post.

 

Nas redes sociais, os utilizadores brasileiros têm comentado ativamente esta série de investigação. As reações são de indignação e de revolta. As mensagens publicadas sublinham a gravidade das denúncias.

 

 

 

 

Os brasileiros notaram ainda que não era expectável que a investigação fosse notícia na Record TV, que é propriedade da IURD, mas não deixaram de estranhar o "silêncio" do maior grupo de media brasileiro, O Globo. Com efeito, as pesquisas no site do jornal O Globo permitem concluir que não há notícias  sobre a série de investigação da TVI online.