A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção, fora de flagrante delito, de um homem de 46 anos suspeito de fogo florestal ateado em Penafiel. Desde o início do ano a PJ já deteve 76 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

O incêndio, de grande dimensão, ocorreu no dia 7 de agosto, na freguesia de Milhundos, tendo consumido 157 hectares de povoamento florestal.

O detido vai ser presente à autoridade judiciária para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

Em 2016 a Polícia Judiciária já identificou e deteve 76 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.