O Governo está a ultimar a contratação de mais dois aviões para auxiliar no combate aos incêndios.

A confirmação foi feita pelo adjunto das operações nacionais da Proteção Civil, Carlos Guerra, que adiantou nesta segunda-feira à TSF que o procedimento administrativo está perto de concluir-se e que «dentro de dias» esses aviões são esperados no terreno, para se juntarem aos quatro já em funcionamento.

Cerca de mil operacionais combatem seis fogos ativos no país, com o mais preocupante a lavrar em Oliveira de Frades, Viseu. Este incêndio está ativo desde domingo e mobiliza quase 400 elementos.

Em Vila Real, as chamas continuam a consumir mato e floresta em Peso da Régua e Valpaços, mobilizando mais de 300 bombeiros.

No distrito de Viana do Castelo, Ponte de Lima e Vila Nova de Cerveira são os concelhos que mais preocupam as autoridades, com quase 200 operacionais a trabalharem no terreno.

Em Braga, prossegue o fogo em Guimarães.