Mais de mil operacionais combatiam, pelas 14:45, 17 incêndios, com o apoio de 279 viaturas e 15 meios aéreos, segundo a página da internet da Proteção Civil.

A essa hora estavam com a informação "em curso" três fogos, que envolviam 873 homens, 235 viaturas e 11 meios aéreos.

Segundo a mesma fonte, àquela hora estava em curso um incêndio em Pancas, concelho de Benavente e distrito de Santarém, registando-se, no local, 87 operacionais, 26 viaturas e um avião. Este fogo iniciou-se pelas 13:08.

Às 14:01 deflagraram chamas em Silveiras, concelho de Santiago do Cacém e distrito de Setúbal e envolviam 51 homens, 13 viaturas e um meio aéreo.

O terceiro incêndio em curso é o de Monchique, que deflagrou cerca das 13:30 de sexta-feira, na localidade de Perna da Negra, tendo obrigado a retirar habitantes do sítio das Taipas e de Foz do Carvalhoso.

Ao início desta tarde, encontravam-se em Monchique 735 homens, 196 viaturas e nove meios aéreos.

Os restantes incêndios estavam em resolução ou em conclusão.

Face à dimensão do incêndio, o Plano Municipal de Emergência de Monchique foi ativado ao início da madrugada de hoje.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para risco de incêndio muito elevado a máximo no distrito de Faro e em concelhos dos distritos de Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Beja.