A Proteção Civil considera apenas o incêndio que lavra em Reboreda e Nogueira, concelho de Vila Nova de Cerveira, distrito de Viana do Castelo, como a única “ocorrência importante” do dia, num balanço feito às 08:30.

O incêndio, que é referido na página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) como a única ocorrência importante às 08:30 desta terça-feira, deflagrou às 17:54 de segunda-feira.

No local permanecem 61 operacionais, incluindo 59 bombeiros, que estavam àquela hora a ser apoiados por 17 meios terrestres.

A Proteção Civil destaca como “ocorrências importantes”, em que inserem os incêndios de grandes dimensões, aqueles com duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos, mas apenas contemplam os incidentes do continente, já que as regiões autónomas têm serviços próprios nesta área.

A informação disponível na página da Proteção Civil, pelas 08:30, refere a existência de 20 fogos em todo o país que são combatidos por 1.145 operacionais e 387 meios terrestres, sendo Aveiro e Vila Real os distritos com mais situações (quatro cada), concentrando o maior dispositivo (878 elementos).

Já os distritos da Guarda, Viana do Castelo e Braga, com um total de nove ocorrências, concentram no combate às chamas 237 operacionais e 81 viaturas terrestres.

LEIA TAMBÉMSeis perguntas sobre os incêndios