Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram evacuadas na noite desta quarta-feira, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

Devido às "várias frentes de fogo", em Amieira do Tejo e Arneiro, já foram evacuadas as povoações de Vila Flor, Falagueira, Amieira do Tejo e Albarrol, indicou a presidente da câmara municipal, apontando para cerca de 100 o número de pessoas retiradas das suas casas e instaladas no pavilhão municipal de Nisa.

Esta noite, no concelho de Nisa, continuavam ativas duas frentes de fogo, que mobilizavam, cerca das 23:00, 122 operacionais, com o apoio de 37 viaturas, segundo a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A presidente da Câmara de Nisa admitiu também ativar o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil, de forma a envolver todas as entidades do concelho no processo de "salvar vidas".

Durante a noite, o centro de comando de operações de combate ao fogo também vai passar do Arneiro para o heliporto, na vila de Nisa, sede de concelho, indicou, referindo não haver, até cerca das 23:00, registo de danos pessoais, nem em habitações.

O incêndio em Nisa estava esta quarta-feira de manhã dominado em cerca de 90%, mas, durante a tarde, agravou-se.

Este fogo deflagrou às 17:55 de segunda-feira, na freguesia de Santo André das Tojeiras, em Castelo Branco, tendo passado posteriormente para o concelho de Vila Velha de Ródão e para o concelho de Nisa, no distrito de Portalegre.

Nesta quarta-feira à tarde, o fogo que lavra em Mação, no distrito de Santarém, também se propagou ao concelho de Nisa.