Notícia atualizada

O incêndio florestal que deflagrou na manhã desta quarta-feira na Serra da Coroa, em Vinhais, foi dominado cerca das 17:00, segundo informação da página da Autoridade Nacional de Proteção Civil na Internet.

O alerta para o fogo, que chegou a ter três frentes, foi dado às 11:06 e o combate acabou por mobilizar 111 operacionais, 30 veículos e cinco meios aéreos.

Três aviões e dois helis no combate às chamas

Mais de 100 operacionais apoiados por cinco meios aéreos combatiam pelas 16:30 o incêndio com uma frente ativa que lavra na Serra da Coroa, concelho de Vinhais, Bragança, segundo o site da Proteção Civil.

Na luta contra as chamas estão 125 operacionais - mais do dobro dos 60 destacados inicialmente -, 35 veículos, três aviões bombardeiros e dois helicópteros.

No local estiveram bombeiros de Vinhais, reforçados por um grupo de combate a incêndios florestais do Porto.

Às 18:00 havia quatro fogos ativos no país, mas a Proteção Civil apenas destaca na sua página, fornecendo detalhes, os incêndios florestais com mais de duas horas ou mais de 10 veículos operacionais ou ainda que envolvam três ou mais meios aéreos pesados.