A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, anunciou a detenção de um homem, de 40 anos, suspeito de autoria de fogo posto em Celorico de Basto.

Segundo a autoridade, o suspeito terá provocado o incêndio, naquela localidade, "num quadro de alcoolismo, com recurso a um isqueiro, tendo sido consumida uma área de eucaliptos e terrenos agrícolas". O detido é trabalhador rural e vai ser presente às autoridades judiciárias para aplicação das medidas de coação.

A PJ assinala que o incêndio "só não atingiu outras proporções devido à rápida intervenção dos bombeiros e de um meio aéreo".

A operação policial que permitiu a detenção fora de flagrante delito contou com a colaboração da GNR. 

Em 2016, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 60 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.