Mais de 70 operacionais e dois meios aéreos controlam, ainda, as chamas de um incêndio já em fase de resolução numa zona de pinhal e mato em Vila Verde, concelho de Alijó, Vila Real, segundo fonte da Proteção Civil.

O alerta foi dado às 15:11 e, segundo a fonte, o fogo “evoluiu com muita intensidade” e em duas frentes, que se encontram já dominadas.

O vento, com fortes rajadas, ajudou à propagação das chamas.

Para o local foi mobilizado um "forte dispositivo" que, de acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), chegou a ser composto por 107 operacionais, 25 viaturas e seis meios aéreos.

Na localidade de Abação, no concelho de Guimarães, distrito de Braga, um meio aéreo e três veículos ajudam 20 operacionais a combater um outro incêndio, enquanto no distrito de Setúbal, em Grândola, estão 21 operacionais, três veículos e um meio aéreo num fogo que começou às 15:35.

Os restantes incêndios a decorrer são em Matosinhos, no Porto, e em Mora, distrito de Évora.

Estão em alerta vermelho, a partir de hoje, sete distritos do norte do país, face às previsões de tempo quente e seco e vento forte.

Até segunda-feira estarão em alerta vermelho, para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, os distritos de Braga, Bragança, Guarda, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Para as regiões abrangidas serão pré-posicionados meios de resposta aos incêndios, e mais de 70 patrulhas militares (19 da Marinha e 53 do Exército), num total de 226 militares, estão no terreno desde hoje e até ao dia 25 para apoiar a ANPC na prevenção.

Em comunicado hoje divulgado, o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) esclarece que este reforço surge no seguimento do pedido de apoio da ANPC às Forças Armadas para ativação de mais 28 patrulhas militares.

Este reforço tem como objetivo incrementar as ações de prevenção um pouco por todo o país, com especial incidência nos distritos de Braga, Bragança, Guarda, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu, onde vigora o alerta vermelho para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.