O que mais se temia aconteceu. O vento forte trouxe o fogo das montanhas e arredores ao centro da cidade do Funchal. Horas de medo, de pânico. As câmaras de vigilância registaram a chegada das chamas e do fumo à cidade e as imagens são, no mínimo, impressionantes.

Quatro vídeos divulgados pelo portal Netmadeira retratam o cenário de fumo com o qual os habitantes de quase toda a ilha tiveram de conviver durante os últimos dias, devido às chamas e ao vento intenso. As câmaras de vigilância do porto marítimo, da Câmara de Lobos, Largo do Município e Lugar das Neves captaram a chegada do fumo e fogo aos vários locais entre a tarde de segunda-feira e a noite de terça.

Nas imagens chegadas do porto marítimo, pode-se constatar a formação de uma coluna de fumo na parte superior esquerda a partir das 17:00 de segunda-feira e a intensificação desse fenómeno nas horas seguintes, sendo que a partir das 18:00 de terça se verifica a presença de fumo em toda a imagem.

 

A imagem que nos chega a partir do alto da ilha, em Câmara de Lobos, mostra o fumo intenso desde o início do dia de segunda-feira, registando-se fraca visibilidade a partir das 20.00 do dia de ontem.

 

A câmara de vigilância colocada no Largo do Município consegue captar a movimentação de populares e viaturas, bem como a chegada de uma coluna de fumo pelas 18:00 de terça-feira.

 

O grande incêndio que assola a ilha e que já chegou baixa do Funchal, também foi testemunhado pela câmara de vigilância colocada no Lugar das Neves, constatando-se a presença de fumo intenso nas zonas baixas da cidade a partir das 07:00 de terça-feira.

 

As chamas deflagraram nas zonas altas do Funchal, em São Roque, pelas 15:30 de segunda-feira e, na terça-feira à noite, o fogo desceu à baixa do Funchal, havendo ainda incêndios a lavrar noutros concelhos da ilha.