A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje em comunicado que desde o início do ano já procedeu à identificação e detenção de 73 suspeitos do crime de incêndio florestal.

A PJ informou que o último caso resultou na detenção de um homem, ex-bombeiro, sem profissão, presumível autor de seis crimes de incêndio florestal, no concelho de Ourém.

Os incêndios ocorreram a 18 de setembro e o homem, de 28 anos, após primeiro interrogatório judicial, ficou sujeito a termo de identidade e residência e obrigação de apresentações diárias às autoridades.

A investigação foi conduzida pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, noticia a Lusa.