A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve um casal pela presumível autoria de um crime de incêndio florestal em Chorense, concelho de Terras de Bouro.

Em comunicado divulgado esta terça-feira, a PJ acrescenta que o fogo foi registado a 10 de outubro e que os suspeitos terão atuado “por razões de desavenças com vizinhos e familiares”.

O homem tem 57 anos e está desempregado e a mulher tem 50 e é jornaleira.

Foram detidos na segunda-feira e serão esta terça-feira apresentados às autoridades judiciárias, para aplicação das respetivas medidas de coação.

Em 2017, a PJ já identificou e deteve 103 suspeitos de crime de incêndio florestal.