A GNR anunciou hoje a detenção de um homem de 48 anos, serralheiro, por suspeita de ter originado um incêndio florestal na localidade de Juízo, freguesia de Azêvo, no concelho de Pinhel.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que o homem, residente na localidade de Juízo, é suspeito de ter provocado o incêndio quando «efetuava o corte de uma viga de aço com uma rebarbadora», no perímetro de uma serralharia.

A fonte indicou que as chamas, que tiveram início pelas 12.30, destruíram uma área de mato com cerca de 300 metros quadrados.

«Só não ardeu mais devido à pronta intervenção dos habitantes e dos Bombeiros Voluntários de Pinhel», disse.

O detido foi notificado para comparecer na quinta-feira no tribunal de Pinhel, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventual medida de coação.