Os papas Bento XVI e Francisco pediram que a imagem de Nossa Senhora do Rosário, venerada na Capelinha das Aparições, no recinto do Santuário de Fátima, seja o ícone da Jornada Mariana, que decorre em Roma.

A primeira solicitação partiu do agora papa emérito Bento XVI, sendo posteriormente reforçada pelo atual líder da Igreja Católica.

Esta é a primeira vez que a imagem vai estar ausente numa grande peregrinação, explicou o reitor do Santuário de Fátima.

«A um papa não se diz que não», disse o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, pelo que, «em resposta ao desejo do Santo Padre Francisco (...) [a imagem] estará em Roma a 12 e 13 de outubro, na Jornada Mariana promovida pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização», lê-se numa nota de imprensa do santuário.

No dia 13 de outubro, junto da Imagem de Nossa Senhora, o papa Francisco irá fazer a consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria.

O encontro é um dos grandes eventos pontifícios previstos no calendário de celebração do Ano da Fé, e congregará em Roma centenas de movimentos e instituições ligadas à devoção mariana.

Em carta dirigida ao bispo de Leiria e Fátima, António Marto, o presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Rino Fisichella, salientou que «todas as realidades eclesiais da espiritualidade mariana» estão convidadas para a jornada que prevê, a 12 de outubro, uma peregrinação ao túmulo do apóstolo de São Pedro e, no dia seguinte, a celebração eucarística presidida pelo papa.

«É um desejo vivo do Santo Padre que a Jornada Mariana possa ter como especial sinal um dos ícones marianos entre os mais significativos para os cristãos em todo o mundo e, por esse, motivo, pensamos na amada estátua original de Nossa Senhora de Fátima», escreveu Rino Fisichella.

O Santuário de Fátima adiantou que a imagem de Nossa Senhora deixará o Santuário de Fátima, em Portugal, na manhã do dia 12 de outubro e regressará na tarde do dia 13.

«No seu lugar, na Capelinha das Aparições, será colocada a primeira imagem da Virgem Peregrina de Fátima, entronizada na basílica de Nossa senhora do Rosário desde 8 de dezembro de 2003», pode ler-se no comunicado.