Uma padaria social é inaugurada na quinta-feira em Meca, Alenquer, para servir os utentes de uma instituição social da freguesia e depois abrir ao público para chegar a famílias carenciadas e a utentes de outras instituições.

O projeto é da Associação de Apoio a Idosos e Jovens da Freguesia de Meca, que, no futuro, pretende vir a abrir a padaria ao público, vendendo a baixos preços para famílias carenciadas e para instituições sociais, explicou Cristiana Rodrigues, da associação, à agência Lusa.

Desde agosto que a padaria está a confecionar por dia uma centena de pães que, nesta primeira fase, se destinam ao consumo dos utentes das valências de lar, apoio domiciliário e do Centro de Atividades Ocupacionais.

Com o projeto da padaria, a associação tem também como objetivo encontrar oportunidades de ocupação e de trabalhos para as 28 pessoas portadoras de deficiências que são suas utentes no seu Centro de Atividades Ocupacionais.

"Estamos a falar de adultos que, ainda que sejam portadores de deficiências, não estão incapacitados a trabalhar. Queremos explorar as suas capacidades para que se sintam úteis, porque muitas vezes não encontram oportunidades de trabalho na comunidade", afirmou Cristiana Rodrigues.


A padaria resulta de um investimento de 10 mil euros, financiamento que a associação conseguiu ao ganhar o prémio "Valor Social", atribuído por uma empresa nacional ligada ao setor dos combustíveis.