O idoso que se encontrava desaparecido em Vieira do Minho, distrito de Braga, desde este domingo de manhã foi encontrado morto no rio Ave, disse à Lusa fonte do Comando Territorial de Braga da GNR.

Em declarações à Lusa, fonte da GNR/Braga disse que o octogenário foi encontrado morto no rio Ave, cerca das 16:00, a cerca de dois quilómetros da sua residência, por uma equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS).

Cerca de 20 militares da GNR realizaram buscas na freguesia de Rossas, em Vieira do Minho, distrito de Braga, na sequência de um alerta sobre o desaparecimento de um octogenário, que sofria de Alzheimer.

De manhã, em declarações à Lusa, o tenente André Rodrigues, do Comando Territorial de Braga da GNR, afirmou que as buscas tiveram início depois das 06:00, hora a que foi dado o alerta do desaparecimento de um homem de 81 anos.

“A sua filha informou-nos de que, pelas 06:00, verificou que o pai não estava em casa”, disse, acrescentando que as buscas estavam a decorrer nas “imediações” da habitação do idoso e em “percursos prováveis” de serem efetuados pelo idoso.

No terreno estiveram cerca de 20 militares da GNR, designadamente duas equipas do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) e um cão de busca e salvamento.