Houve este sábado uma  falha de energia no Hospital de Santo António, no Porto,  que afetou o sistema informático que gere as entradas das visitas aos doentes. O incidente fez com que  centena e meia de pessoas se concentrasse no edifício, à espera que o problema fosse resolvido. 

Contactada pela agência Lusa, fonte oficial daquele hospital disse ter-se tratado de um «problema de eletricidade» que, cerca das 13:00, afetou a ala neoclássica do edifício, tendo-se as restantes zonas da unidade mantido a funcionar normalmente.

Segundo a fonte, uma vez que a estimativa inicial dos técnicos da EDP apontava para que o problema só ficasse resolvido «pelas 17:00 ou 18:00», foi decidido transferir a cerca de «meia dúzia» de doentes que se encontrava na sala de cuidados intensivos localizada na ala afetada para outras salas de cuidados intensivos do hospital.

Contudo, disse, o problema técnico acabou por ser ultrapassado em cerca de «meia hora». A situação já se encontra normalizada. 

Segundo relatou à agência Lusa uma das pessoas que aguardava para visitar um familiar, foram-se acumulando várias dezenas de visitantes no hall de entrada do Santo António e na zona exterior, tendo-lhos sido explicado que «não havia sistema informático para atribuir os cartões de visita».

Cercas das 15:00 os visitantes foram informados por um dos rececionistas do hospital que dentro de «40 a 45 minutos» já poderiam começar a entrar.