O juiz de instrução criminal no Tribunal de Guimarães aplicou, esta segunda-feira, prisão preventiva a um homem de 36 anos suspeito da prática de vários furtos em residências e em automóveis em S. João de Ponte e Taipas, naquele concelho.

De acordo com um comunicado da GNR citado pela Lusa, o homem foi detido esta segunda-feira por esta força, fora de flagrante delito.

No comunicado, a GNR acrescenta que, no âmbito daqueles furtos, o detido terá causado prejuízos e danos que ascendem a cerca de 20 mil euros.

Em causa está o furto de eletrodomésticos, relógios e objetos em ouro, “que posteriormente transacionava com terceiros interessados em artigos a preço mais convidativo”.