A GNR de Almada anunciou hoje a detenção de sete pessoas, no Monte de Caparica, por suspeita de furtos a estabelecimentos comerciais e viaturas, tendo sido apreendidos quase 500 maços de tabaco.

A operação, que envolveu o Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Almada, o Destacamento de Intervenção do Destacamento Territorial de Setúbal e o Grupo de Intervenção e Operações Especiais, teve como base uma investigação efetuada nos últimos seis meses.

«Foram detidos seis homens, com idades compreendidas entre os 19 e os 27 anos, e uma mulher de 60 anos, por cumplicidade. Os seis homens dedicavam-se ao furto de máquinas de tabaco no interior de estabelecimentos, furto de veículos e carjacking, no concelho de Lisboa e Margem Sul do Tejo», informou a GNR em comunicado.

Durante o período da investigação, o grupo furtou 35 de máquinas de tabaco em estabelecimentos.

No momento da detenção, o grupo encontrava-se na posse de 491 maços e algumas onças de tabaco.

«O grupo efetuou um carjacking na freguesia da Sobreda, através de ameaça com uma arma de fogo. A vítima foi agredida fisicamente e foi-lhe roubada a sua viatura, usada para os furtos. A viatura foi entretanto recuperada e devolvida ao proprietário», acrescenta.

A GNR recuperou, também, mais duas viaturas, uma caçadeira, várias garrafas de bebidas alcoólicas, um computador portátil, uma PlayStation 3 e um LCD.