A GNR registou quatro vítimas mortais neste sábado em consequência de três acidentes, disse à Agência Lusa fonte da corporação.

No mesmo período do ano passado tinham sido registadas duas vítimas mortais, disse a fonte, que remeteu para domingo dados mais pormenorizados.

A GNR envolveu para a quadra festiva, Natal e ano novo, mais de mil militares no patrulhamento rodoviário, com a primeira fase da operação a ter começado na sexta-feira e a prolongar-se até à próxima quinta-feira.

A GNR justificou a operação com o facto de as festividades desta altura do ano levarem a um aumento significativo do tráfego rodoviário, em resultado das deslocações de milhares pessoas dos locais de residência habitual para as suas regiões de origem, durante o período do Natal, e para locais de lazer e diversão, no final do ano.